A pergunta deixou de ser “preciso ter um projeto de e-learning” para “como fazer um projeto de e-learning”.

Por Rodrigo de Godoy

Quando somos agentes na estruturação de um importante projeto é bastante corrente termos a percepção desde seu início que o sucesso da empreitada está diretamente relacionado a um planejamento sólido e integrado. Em projetos de educação corporativa isso não é exceção.

Pensando especificamente no viés on-line, cada vez mais presente em empresas dos mais diversos segmentos e tamanhos, ficou claro que a pergunta deixou de ser “preciso ter um projeto de e-learning” para “como fazer um projeto de e-learning”.

Desde o marco-zero esses projetos precisam estar embasados em uma metodologia que consiga desenhá-los cruzando os objetivos de aprendizagem com os objetivos de negócio da empresa. Não menos importante é considerar sempre as características do seu público-alvo, do contexto de negócio em que o projeto está inserido e da melhor forma de abordar os conteúdos a serem apresentados, que devem sempre ser um “mix” que proporcione a experiência de aprendizagem mais adequada e efetiva.

Alguns pontos são essenciais nessa caminhada – foco não só nas iniciativas educacionais para o negócio mas também no autodesenvolvimento dos colaboradores, trilhas multimídia, estimular o protagonismo do aluno, possuir uma plataforma ao mesmo tempo robusta e fácil de usar.

Considerando esses pontos e tendo a participação ativa da alta gestão, um acompanhamento constante da evolução do projeto e garantindo que o ambiente de aprendizagem on-line seja constantemente renovado, qualquer projeto de educação corporativa mediado por tecnologia, grande ou pequeno, já começa do jeito certo e ser bem sucedido será uma consequência natural e perene.

Artigos Relacionados

SXSWedu 2017: Hacks de aprendizagem, uma educação superior digital e boas práticas na produção de vídeos educacionais

Tendências Digitais para considerar em seus projetos de Educação Corporativa Digital para 2017

Realidade Virtual: a experiência imersiva a partir do vídeo 360°

Como empresas aproveitam a tecnologia para redefinir a relação das pessoas com seu desenvolvimento.

A pergunta deixou de ser “preciso ter um projeto de e-learning” para “como fazer um projeto de e-learning”.

A interpretação correta de dados e informações é fundamental ao planejar o futuro e elaborar hipóteses de cenários.

Todos são líderes dentro de sua realidade. A liderança é uma condição que está em cada um de nós.

O que falta para aquelas pessoas esforçadas que colecionam trapalhadas e negociações frustradas?

Qual a diferença que você tem que os outros não tem? Quais adjetivos estão espalhando por aí sobre você?

Transformar ideias embrionárias em “grandes ideias” e fazê-las ser adotadas.

Prêmios colocam UniBB na vanguarda da Educação Corporativa

Metas em qualquer organização são um horizonte que funciona para sinalizar quais são as possibilidades de progressão.

A gestão da carreira é uma decisão individual, e de fato, depende da nossa ação o rumo que daremos na vida profissional.

Por que a Educação a Distância é vista, por parte dos professores que atuam na sala de aula, como uma aprendizagem que não funciona?

Ver mais